segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

CAMPANHA NATAL COM LIVROS - A Cooperifa vai distribuir livros de presente neste natal

Domingo dia 20, a Cooperifa vai entregar livros de presente para comunidade como forma de incentivo à leitura, que é um dos pilares do movimento, o outro, é cidadania través da literatura. São mais de 1000, e todo tipo de literatura, poesia, romance, prosa (nada didático) com destaque para os livros infantis, que já são mais de 500 lindos e maravilhosos, de todas as cores e para todos os tamanhos. Nossas crianças vão pirar na batatinha.
A maioria dos livros são novos, doados pelos nossos parceiros do Centro Cultural da Espanha, Global Editora, Cortez Editora e amigos que frequentam o sarau.
A entrega vai ser simples, no domingo, às 11hs da manhã, em frente ao bar do Zé Batidão (Rua Bartolomeu dos Santos, 797 Jd. Guarujá zona sul de Sampa, a gente (poetas e amigos da Cooperifa, palhaços, batuque) vai sair numa caminhada pelos bairros (Jd. Guarujá, Parque Santo Antônio e Chácara Santana) apertando a campainha, ou batendo palmas de casa em casa chamando as pessoas e as crianças para buscarem o livro de presente. Simplesmente.
É a força da comunidade construindo um mundo melhor através da literatura. Venha assisitr o milagre da poesia.
É tudo nosso!
Sérgio Vaz
Vira-lata da literatura

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Isaac Hayes_The Look Of Love & Walk On By



20 de novembro: Estudo mostra que número de negros assassinados é o dobro de brancos

Em depoimento à CPI da Violência Urbana, o economista Marcelo Paixão, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, divulgou estudo que mostra que o número de negros assassinados no Brasil é duas vezes maior que o de brancos, apesar de cada grupo representar cerca de metade da população do País.
A conclusão é baseada em dados do Sistema Único de Saúde (SUS) referentes aos anos de 2006 e 2007. Nesses dois anos, cerca de 60 mil negros foram assassinados e cerca de 30 mil brancos. As pesquisas mostram que entre as crianças e jovens de 10 a 24 anos se constata a maior diferença entre os homicídios de negros e brancos.
Marcelo Paixão afirmou que os jovens negros estão mais expostos e que as desigualdades só aumentaram nos últimos anos. "É preciso identificar que as causas disso estão relacionadas ao racismo institucional, às políticas de segurança pública que ainda entendem a população negra como inimiga do estado, à baixa qualidade da escola desses jovens, que está relacionada com uma maior exposição à pobreza; quer dizer, é um círculo de desgraças."
Ele afirmou que o atual governo não tem disposição política para enfrentar o racismo nas políticas de segurança pública. Para o deputado Luiz Alberto (PT-BA), autor do requerimento de convocação do depoente, o atual governo não adota políticas de cunho racista. Ele sustentou que as instituições brasileiras foram forjadas em uma história de escravidão, e, portanto, foram contaminadas por uma visão racista da sociedade brasileira.

Auto de resistência
A presidente do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra da Bahia, Vilma Reis, trouxe à comissão um dossiê elaborado pela campanha "Reaja ou será morto, reaja ou será morta". A campanha, iniciada em 2005 na Bahia, denuncia a matança de jovens, na sua maioria negros, por agentes do Estado e paramilitares.
Ela lembrou que, a partir de 1969, com a vigência do AI-5, as polícias militares passaram a utilizar o chamado "auto de resistência" como o álibi para a prática de assassinatos, sob pretexto de resistência à autoridade policial. Ela estimulou a CPI a instigar os três Poderes a acabarem com o auto de resistência, o que para ela tiraria o álibi de policiais que se sentem livres para matar com a certeza de que não vão ser investigados.
"O auto de resistência, no nosso entendimento, é uma licença para matar, porque as pessoas estão sendo executadas sumariamente, sem qualquer chance de defesa. Quando a perícia é feita, é verificado que essas pessoas estavam em baixo de cama, dormindo, que a casa foi destelhada, que a casa foi invadida, e elas morreram com um tiro de misericórdia."
Segundo Vilma Reis, os assassinatos de negros se estendem a Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, São Paulo, Goiás e outras metrópoles do País. Ela denunciou também os programas regionais de televisão que violam direitos humanos ao expor pessoas sob custódia do
Estado à execração pública, promovendo sua condenação sem que tenham sido julgadas. Em sua opinião, a proibição a esses tipos de programas não é censura.
A presidente defendeu ainda que os recursos do Pronasci não sejam utilizados na compra de armamentos, viaturas e construção de novos presídios.

Trecho do filme WattStaxs, que conta a história do festival considerado o Woodstock Negro, que aconteceu no Los Angeles Coliseum no início da década de 70, e que reuniu vários símbolos da música negra norte-americana.

Lançamento de livro na Cooperifa e Campanha Natal com Livros

LANÇAMENTO DO LIVRO "VOZES DA LITERATURA" DE ÉRICA PEÇANHA NO SARAU DA COOPERIFA
Vozes marginais na literatura é resultado de uma pesquisa de mestrado em Antropologia Social, desenvolvida entre 2004 e 2006 na Universidade de São Paulo. O livro toma como mote a atribuição do adjetivo marginal, por parte de alguns escritores da periferia, para caracterizar a si ou aos seus produtos literários no limiar do século XXI. Partindo da análise das três edições especiais Caros Amigos/Literatura Marginal e da relevante cena literária que se constituiu nas periferias paulistanas após o lançamento dessas revistas, a obra investe na articulação da produção literária e da atuação político-cultural dos escritores, dando ênfase às carreiras e intervenções de três deles: Ferréz, Sérgio Vaz e Sacolinha (Ademiro Alves).
.
SARAU DA COOPERIFA
dia 18 de novembro às 21hs
Bar do Zé batidão
Rua Bartolomeu dos Santos, 797
Zona Sul_SP
.......................................................................................................................................................................................................................................................
NATAL COM LIVROS - Campanha da Cooperifa de estímulo à leitura

Em sua mais nova ação cultural a Cooperifa vai fazer uma campanha para arrecadar livros que serão distribuídos à comunidade no dia 16 de dezembro (último sarau do ano) e no dia 20 de dezembro, quando os poetas e amigos irão percorrer pessoalmente as ruas do bairro presenteando as pessoas com os livros.
Inspirado na "Chuva de livros" que acontece em agosto, quando são distribuídos 500 livros no sarau, a ideia tem como objetivo ampliar o projeto de estímulo à leitura na periferia paulistana, que é um dos pilares da Cooperifa.
A arrecadação vai ser entre os amigos e editores parceiros do movimento e terá alguns pontos de arrecadação, e os livros (romance, poesia e contos) poderão ser usados, mas desde que estejam em bom estado.

APOIO CULTURAL: GLOBAL EDITORA, CORTEZ EDITORA, CENTRO CULTURAL DA ESPANHA E AMIGOS
Postos de arrecadação:
Bar do Zé Batidão
Rua Bartolomeu dos Santos, 797 Chácara Santana
AÇão Educativa
Rua General Jardim, 660 Vila Buarque

Dia 21.11 Inauguração do Samba do Palmeirinha no Paraisópolis


Salve, salve!! Neste sábado vai rolar a inauguração do SAMBA NA LAJE DO PALMEIRINHA, com muito samba ao vivo e o melhor do funk, a partir das 18H até Meia-Noite. Quem puder ir prestigiar a comunidade do Paraisópolis não vai se arrepender, será muito bem recebido pela rapaziada do time Palmeirinha na Sede do Campo de Futebol. Parabéns a toda comunidade por mais esta iniciativa!

Som Loko do Última Chance: Hey DJ

Rapaziada da Jova Rural, fmza total!!
Esse som é loko!
Um salve de coração pra ZN

Quem puder conferir:

Baile de Rap dos Anos 90


Esse flyer tá mto 90, mesmo, DJ Marco... o logo tirado do Yo! MTV....velhos tempos!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Sarau da Vila Fundão, todas as quintas_20H

Após a inauguração da Sede da Vila Fundão, espaço dedicado a abrigar projetos e atividades direcionados à comunidade, localizada no Capão Redondo, agora a quebrada recebe o Sarau da Vila Fundão.
O Sarau acontece todas as quintas e já tem até blog dedicado ao projeto.
Não percam! Acessem:

Baile Hip Hop Series

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

“Várzea, a bolada rolada na beirada do coração”

O futebol de várzea é um dos pilares da cultura periférica e um dos principais responsáveis por promover o lazer, o esporte e a cultura, pois aglutina jovens em torno de atividades nas quebradas.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Idealizado pelo rapper Akins o documentário chamado “Várzea, a bolada rolada na beirada do coração” tem como objetivo mostrar a magia que existe nos encontros dos times aos finais de semana.
Há toda uma responsabilidade que envolve a defesa das tradições do lugar em que se vive, muito além do ganhar ou perder um jogo, mais sim de alimentar um sentimento positivo de todas as pessoas que direta ou indiretamente dedicam uma atenção e esforço para manter o time em atividade. Além das iniciativas sociais que surgem a partir da mobilização dos jogadores, diretores e colaboradores (que na maioria das vezes são os comerciantes da região) nas suas próprias comunidades, envolvendo toda a população local em atividades como a distribuição de cestas-básicas, leite, festas comunitárias. E ainda a profusão da difusão cultural e artística produzida na própria região, apresentando música, poesia e teatro, com suas rodas de samba, declamações, encontros de rap e jovens encenando dramas que batem fundo no cotidiano do lugar.
Outro fator notável são os nomes de cada time, cheios de riqueza e de poesia no seu significado, trazendo muitos elementos simbólicos, de entendimento dinâmico e abertos, com características interessantíssimas ao estudo lingüístico, ao pensamento antropológico e educativo, à reflexão sociológica e historiográfica. Nomes como Melapé (Jaçanã), Ratátá (Heliópolis) e Nóstravamos (Zona Sul), entre vários outros, mas que somente na voz de seus fundadores tem o sentimento e o significado mais tocante, podendo ser melhor expresso em sua raiz de quentura.
Em muitos times, seus fundadores já faleceram, mas as origens dos nomes permanecem presentes na memória das comunidades, e aqui se dá a necessidade de seu registro e reflexão.
A entrevista com as mulheres que fazem parte do futebol de várzea tem como objetivo simples porem fundamental, documentar a importância do papel feminino nesse cenário.
Muitas mulheres são ligadas direta ou indiretamente com essa realidade; participam,muitas vezes organizando,incentivando,e até mesmo jogando,treinando os times, porem não se trata somente de uma participação coadjuvante, é exatamente este ponto de vista que pretendemos abordar, é vê-las como a base estrutural do jogo.

Dá uma olhada no Flickr do fotógrafo Cassimano, que também soma no projeto:

Nesta sexta: Sanny Pitbull e sua MPC no Secreto!

Nesta sexta tem Sanny Pitbull no Secreto, em Pinheiros/SP.
Um dos maiores e mais ousados DJs de Tamborzao acaba de retornar de uma turnê pela Europa e deve mostrar as novas influências fazendo sua aclamada performance na MPC.

Mostra Solano Trindade

domingo, 8 de novembro de 2009

Rap Com Ciência

O rap sempre vítima de preconceito no Brasil. Muitas vezes, o ritmo é associado a marginalidade e outros aspectos negativos da sociedade. No Distrito Federal, o projeto Rap com Ciência vem quebrando esse paradigma. Projeto idealizado pelo rapper Japão do Viela 17 em parceria com a Unicef.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Encerramento Mostra Cultural da Cooperifa 2009



Vídeo do Encerramento da Mostra Cultural da Cooperifa, mais uma iniciativa de peso, a consagração de um movimento cultural periférico em São Paulo.
Parabéns à todos que participam e colaboram direta ou indiretamente com a Cooperifa!!
salve vira-lata da literatura!!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

O Sarau da Cooperifa completa 8 anos de atividades na periferia de São Paulo e realiza a II Mostra Cultural

SARAU DA COOPERIFA COMPLETA 8 ANOS DE ATIVIDADES POÉTICAS NA PERIFERIA DE SÃO PAULO

O Sarau da Cooperifa completa 8 anos de atividades poéticas na periferia de São Paulo, e para comemorar vai realizar a sua II Mostra Cultural com uma semana inteira de eventos culturais totalmente gratuitos (ver programação).
A Cooperifa é um movimento de incentivo à leitura e à criação poética, e ao longo desses anos já fez vários eventos ligados a literatura. Como o "Poesia no ar" quando os poemas são soltos em balões (bixigas), o "Ajoelhaço" quando os poetas e convidados ajoelham-se e pedem perdão para as mulheres, a "Chuva de livros" quando presenteia a comunidade com livros (neste ano foram 600), o "sarau da Cooperifa nas escolas" da região, o "Prêmio Cooperifa" para pessoas e instituições que direta, ou indiretamente ajuda a periferia a se transformar num lugar melhor para viver, o "Cinema na laje", "Saraus em praças, favelas, presídios, fundação casa, lançamentos de livros e disco de poesia e de poetas."
Nesta mostra estão programados eventos de dança, literatura, cinema, teatro, artes-plásticas e música. E a Cia. Bambalina, diretamente da Espanha.
Além dos eventos também haverá debates sobre literatura (Marcelino Freire, Xico Sá, Ferréz, Sacolinha, Heloisa Buarque de Hollanda, Écio Salles, Chacal, Sérgio Vaz, Alessandro Buzo, Nelson Maca, entre vários), cinema, ativismo cultural e periferia,com a presença dos escritores da região -e de outras comunidades-, com personalidades de São Paulo e outros estados.
Uma feira de livros de escritores e um grande encontro dos saraus que estão sendo realizados nas quebradas e que dão voz a esta literatura periférica que não para de crescer.
Participe. Divulgue.




II MOSTRA CULTURAL DA COOPERIFA
(19 a 25 outubro)



PROGRAMAÇÃO:

Dia 19/10 (segunda-feira)
Abertura

16h | Debate
O que a reforma da Lei Rouanet tem a ver com os movimentos culturais das periferias?
Expositor: Juca Ferreira – Ministro da Cultura (a confirmar)
Professor Carlos Giannazi – Deputado Estadual/SP
Ana Tomé – diretora do Centro Cultural da Espanha em São Paulo
Coordenação: Eleilson Leite – coordenador do Programa de Cultura da ONG Ação Educativa
19h | Cerimônia de Abertura
Poetas da Cooperifa
20h | Show
Izzy Gordon
A cantora de MPB, soul e do bom e velho funk desfila seu vozeirão num show especial para a Cooperifa

Local: CEU Campo Limpo
Avenida Carlos Lacerda, 678 – Campo Limpo


Dia 20/10 (terça-feira)
Dança

15h | Apresentação teatral
Kraft – Companhia Bambalina
Companhia espanhola com prestígio internacional por valorizar o uso dos fantoches e mesclar a linguagem teatral com outras dramaturgias. O espetáculo “Kraft” é voltado para o público infantil e recorre aos elementos lúdicos para abordar o amor pelas pessoas e coisas.

Local: CEU Casa Blanca
Rua Damasceno, 85 – Vila das Belezas


17h | Debate
Um olhar para a cena periférica no Brasil
Nelson Maca (BA) – professor de literatura da UCSAL e ativista do coletivo Blackitude
Guti Fraga (RJ) – jornalista, ator, diretor artístico e fundador da ONG Nós do Morro
Alessandro Buzo (SP) – escritor e ativista cultural, organizador do Favela Toma Conta
Adriana Barbosa (SP) – empreendedora social e idealizadora da Feira Preta
Coordenação: Érica Peçanha – antropóloga e pesquisadora da produção cultural periférica
20h | Apresentações artísticas
Balé Capão Cidadão
Apresentação dos alunos das oficinas de balé da ONG Capão Cidadão.
Solano em rascunhos – Cia Sansacroma
O grupo pesquisa e desenvolve trabalhos nas áreas de dança, teatro e cultura afrobrasileira.

Local: CEU Campo Limpo
Avenida Carlos Lacerda, 678 – Campo Limpo


Dia 21/10 (quarta-feira)
Literatura

15h | Debate
Engajamento e revolta na ponta da caneta
Rodrigo Ciríaco – professor e escritor
Michel da Silva – arte-educador e escritor, fundador do Sarau Elo da Corrente
Márcio Batista – professor e poeta da Cooperifa
Elizandra Souza – escritora e redatora da Agenda Cultural da Periferia
Coordenação: Ecio Salles (RJ) – colaborador de coletivos atuantes em favelas e periferias, pesquisador e autor do livro “Poesia revoltada”
17h | Debate
Literatura marginal através dos tempos
Chcacal (RJ) – protagonista da literatura marginal dos anos 1970, poeta e produtor cultural
Sérgio Vaz – poeta, ativista cultural e idealizador da Cooperifa
Ferréz – escritor e ativista, editor das revistas Caros Amigos/Literatura marginal e do Selo Povo
Coordenação: Heloisa Buarque de Hollanda – coordenadora do PACC/UFRJ, ensaísta e pesquisadora da cultura brasileira

Local: CEU Casa Blanca
Rua Damasceno, 85 – Vila das Belezas

21h | Sarau da Cooperifa
Edição especial do sarau da Cooperifa que completa 8 anos de atividades poéticas na periferia de SP.

Local: Bar do Zé Batidão
Rua Bartolomeu dos Santos, 797 – Chácara Santana


Dia 22/10 (quinta-feira)
Cinema

14h | Mostra Cinema na Laje
Exibição de curtas e longas nacionais
Povo lindo, povo inteligente (50 min), de Sérgio Gagliard e Maurício Falcão. Documentário sobre o sarau da Cooperifa a partir do cotidiano e dos relatos de sete poetas assíduos.
Amanhã, talvez (7 min), de Rogério Pixote. Manoel e seu dia a dia. Bebida, TV, bebida, talvez amanhã. Baseado em um conto de Sérgio Vaz.
Literatura e resistência (54 min), 1daSul Filmes e Literatura Marginal Editora. Documentário sobre a trajetória literária e de militância cultural do escritor Ferréz.
Graffiti (10 min), de Lílian Santiago. A história por trás de um graffiti. Um rolê com um jovem pela cidade de São Paulo, logo após a série de ataques do crime organizado.
Profissão MC (52 min), de Alessandro Buzo e Toni Nogueira. O filme aborda os dilemas enfrentados por um rapper da periferia em um momento delicado de sua vida.
Pode me chamar de Nadí (18 min), Déo Cardoso (CE). Dos deboches dos colegas ao contato com uma bela modelo negra, os conflitos enfrentados pela menina Nadí por conta dos seus cabelos crespos.
18h | Debate
A periferia se vê no cinema de periferia?
Ricardo Elias – cineasta e diretor dos filmes De passagem e Os 12 trabalhos
Rogério Pixote – cineasta e articulador do coletivo Cine Becos e Vielas
Toni Nogueira – produtor executivo da DGT Filmes e cinegrafista
Coordenação: Luiz Barata – coordenador do núcleo de audiovisual da ONG Ação Educativa

20h | Exibição de filme
Os 12 Trabalhos (90 min), de Ricardo Elias
Numa leitura contemporânea do mito de Hércules, um ex-interno da Febem tem que cumprir doze tarefas para conseguir o emprego de motoboy na cidade de São Paulo.

Local: CEU Casa Blanca
Rua Damasceno, 85 – Vila das Belezas

Dia 23/10 (sexta-feira)
Teatro

16h | Debate
É possível viver sem escrever?
Xico Sá – escritor e jornalista
Sacolinha – escritor, ativista e coordenador de um centro cultural em Suzano/SP
Marcelino Freire – escritor, blogueiro e agitador literário
Coordenação: Roseli Loturco – jornalista e professora da ONG Papel Jornal

20h | Apresentações teatrais
Os Tronconenses – Núcleo Teatral Filhos da Dita (Instituto Pombas Urbanas)
Formado por jovens atores da periferia da Zona Leste, o núcleo apresenta a história de “Tronconé”, uma cidadezinha imaginária que se parece com muitas cidades brasileiras. No espetáculo, crianças encenam a vida adulta, o imaginário e o real se misturam, loucura e lucidez muitas vezes se confundem.
Solano Trindade e suas negras poesias – Capulanas Cia de Arte Negra
A companhia Capulanas é formada por jovens negros atuantes em movimentos artísticos da periferia de São Paulo. Nesta apresentação, a força da mulher negra e das manifestações populares ecoa no trabalho cênico e na dramatização das poesias de Solano Trindade, Elizandra Souza e dos próprios atores.

Local: CEU Campo Limpo
Avenida Carlos Lacerda, 678 – Campo Limpo

Dia 24/10 (sábado)
Caldeirão Cultural

11h | Feira de livros e exposições
- Venda de livros e a presença dos coletivos literários e escritores periféricos
- Exposição de pinturas, de Jair Guilherme
- Mostra Arte Dulixo, de Tubarão
- Metalmorfose (arte com sucatas de carro), de Casulo

16h | Debate
Arte de rua na periferia
Jair Guilherme – artista plástico e professor de artes, dirige um ateliê na periferia
Michel Onguer – artista plástico das ruas (grafiteiro) e arte-educador
Cripta Djan – pixador e documentarista
Coordenação: João Wainer – fotógrafo e produtor de vídeos
19h | Apresentação musical
Brau Mendonça
Show intimista de música brasileira com o cantor dos saraus cooperiféricos
20h | Encontro dos saraus
Grande encontro de valorização da poética e política dos coletivos literários de São Paulo.
Com: Cooperifa, Elo da Corrente, Rascunhos Poéticos, Sarau da Ademar, Sarau da Brasa, Sarau do Binho, Sarau do Povo e Sarau Rap.

Local: CEU Campo Limpo
Avenida Carlos Lacerda, 678 – Campo Limpo


Dia 25/10 (domingo)
Música

Apresentações musicais
16h30 | Kolombolo Diá Piratininga
Grupo que se dedica à pesquisa e difusão do samba paulista

17h30 | Wesley Nóog & 1Banda
Funk, samba, soul e suingue brasileiro

18h30 | Periafricania
Participação de Crônica Mendes, do grupo “A Família”
Rap de protesto com um grupo formado nos saraus da Cooperifa

19h30 | Versão Popular
Participação especial de B. Valente
Música e poesia com o grupo de rap nascido na Zona Sul paulistana
20h30 | Grande show de encerramento
GOG
O melhor do hip hop nacional com o poeta do rap

Local: Casa Popular de Cultura do M’ Boi Mirim Rua Inácio Dias da Silva, s/n - Piraporinha


REALIZAÇÃO: COOPERIFA

PARCERIA: AÇÃO EDUCATIVA, CENTRO CULTURAL DA ESPANHA, ITAU CULTURAL, GLOBAL EDITORA E SESC SANTO AMARO
Curadoria: Sérgio Vaz
Agradecimentos: Casa Popular de Cultura do M’Boi Mirim, CEU Campo Limpo, CEU Casa Blanca e Bar do Zé Batidão

TODAS AS ATIVIDADES SÃO GRATUITAS

ENTREGA DE CERTIFICADO NOS DEBATES

INFORMAÇÕES
Cooperifa: (11) 9342-8687/8358-5965/9391-3503
www.colecionadordepedras1.blogspot.com
cooperifa@gmail.com
Ação Educativa: (11) 3151-2333, ramais 153 e 166
www.acaoeducativa.org

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Samba Loco p/ compartilhar!!

Vila Fundão na Copa Sedex/Cidade Tiradentes



neste sábado vai sair um ônibus da comunidade Vila Fundão rumo à Copa Sedex, na Cidade Tiradentes, zona leste de SP.
quem puder comparecer, a saída v
ai ser 15H lá da Fundão.
o Vila Fundão vai jogar contra o
Panela Problema, time de várzea do Jaraguá.

e no dia 3 de outubro vai rolar a primeira feijoada com pagode no Bar Sede da Vila Fundão, a partir de 11H, roda de samba com músicos da comunidade convidados.





sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Samba do Beco do Rato_RJ


Frequentado por gente como o saudoso Noel Rosa e sambistas cariocas renomados, o Samba do Beco do Rato, localizado na Lapa (no meio das vielas antigas do bairro), recebe semanalmente às terças-feiras um novo evento.
Parada obrigatória para admiradores do gênero, o Beco do Rato ferve com samba tocado no meio da rua e as bençãos de uma grande imagem de São Jorge no centro da mesa. Se estiverno RJ, confira!!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Reflexões....

"Ciúme é querer manter o que se tem; cobiça é querer o que não se tem; inveja é não querer que o outro tenha".
E que prestem atenção: a inveja é um vírus que se caracteriza pela ausência de sintomas aparentes.
O ódio espuma.
A preguiça se derrama.
A gula engorda.
A avareza acumula.
A luxúria se oferece.
O orgulho brilha.
Só a inveja se esconde."

Inveja - Zuenir Ventura

Rinha dos MCs

DJ AJAMU e DJ MARCO no Sarajevo durante o mês de setembro

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

POETA SÉRGIO VAZ NA BIENAL DO RIO DE JANEIRO

Café literário
"Quando a periferia se torna centro"
Com Zuenir Ventura, Sérgio Vaz, Écio Sales
Mediação Cristiane Costa
Sábado 20h
Riocentro
Rio de janeiro - RJ

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Site Oficial do DJ Zé Colméia


Um dos maiores talentos do funk carioca e responsável pela consolidação do funk carioca na terra da garoa, o DJ Zé Colméia, tá lançando seu novo site: http://www.zecolmeia.com.br Muito bem feito, com trilha sonora, agenda, vídeos e várias informações sobre o DJ, o site é um prato cheio pros fãs do DJ e também pra quem quiser saber onde vai rolar um baile funk da pesada. Confere!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

MTV premia os melhores do rap em 2009 no VMB

Kamau, MV Bill (que estreia no filme “Sonhos Roubados” em breve), EMICIDA, com duas indicações na premiação, Relatos da Invasão e RZO estão na disputa...
vote: http://vmb.mtv.uol.com.br/cat_rap.html

O Bonde não Pára!

novo clipe de MV Bill gravado na CDD e produzido pela 13produções.
mano juca, pai do MC, faz uma participação mais que especial....

Clipe: O Bonde não Para
Disco: Causa e Efeito - Outubro 2009
Direção Geral, Roteiro e música: MV Bill
Produção Executiva: Chapa Preta (Karina Spinoza, Nino Brown, Aline Ribeiro e Cia)
Produtora: 13 Produções
Edição e finalização: 13 Produções
LowRider: Marcos Frossard
Tape-to-Tape: Casablanca

Elenco: Mano Juca (Pai), D. Cristina (mãe), Kmila CDD (irmã), Roberta e Juliana (sobrinhas), Douglas e Paulo Roberto (sobrinhos).
Locação: Cidade de Deus e WTN Estúdios (RJ)

Para votar no VMB da MTV em MV BILL Acesse: http://vmb.mtv.uol.com.br/cat_rap.html

XXL Rap Festival no Palmeiras


Preparem-se: Mostra Cultural da Cooperifa 2009!


ANIVERSÁRIO DE OITO ANOS DA COOPERIFA
E PARA COMEMORAR, A FAMÍLIA COOPERIFA ESTÁ PREPARANDO A
ll MOSTRA CULTURAL DA COOPERIFA DE 19 A 25 DE OUTUBRO.

LITERATURA, TEATRO, DANÇA, CINEMA, MÚSICA, SARAUS, FEIRA DE LIVROS, EXPOSIÇÕES E DEBATES.

UMA SEMANA INTEIRA DE ATIVIDADES CULTURAIS NA ZONA SUL - PERIFERIA DE SÃO PAULO
mais infos no novo endereço do blog do Sérgio Vaz: http://www.colecionadordepedras1.blogspot.com/

Site oficial do time Vida Loka


fotos de Filipe Araújo


Campeão da Copa da Paz 2009, campeonato de futebol de várzea que aconteceu na comunidade do Paraisópolis, zona sul, o time Vida Loka agora tem site oficial.
http://www.vidalokafutebolefesta.com.br
Acessa pra saber mais sobre o time que representa a Favela Felicidade.

é neste final de semana: 100% Favela na comunidade da Godoy!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

100% Favela dia 6 de setembro!!

maiores informações no http://gruponegredo.blogspot.com/

CINEMA NA LAJE APRESENTA: WILSON SIMONAL


Cinema na laje é um espaço criado pela COOPERIFA e que acontece quinzenalmente às segundas-feiras para exibições de documentários e filmes alternativos de todas as partes do Brasil e do mundo, exibidos gratuitamente para a comunidade. Também criado principalmente para dar luz ao cinema produzido pelos jovensda região, e levar cidadania através da sétima arte.O cinema Paradiso da periferia também conta com um lanterninha vestido a caráter para dar um charme especial no projeto.
A Entrada é franca. A Pipoca é grátis. E a lua sincera.

CINEMA NA LAJE

SIMONAL - Ninguém sabe o duro que deiDe Claudio Manoel, Micael langer e Calvito leal

Após a exibição filme haverá um debate com Simoninha, Armando Antenor, Claudia Costa e Roseli Loturco.

Dia 24 de agosto 20hs

Laje do Zé Batidão
Rua Bartolomeu dos Santos, 797 Chácara Santana
Zona Sul-SP
Inf. 5891.7403



Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei é um documentário que não anistia um dos maiores artistas pop da história da música brasileira, mas emociona. Mostra a história de um negro, pobre, carioca da favela, que passou fome na rua e que, como ele mesmo gostava de comentar sarcasticamente, virou celebridade com medo de morrer crioulo: “meu anjo da guarda certa vez me disse, ou você vai ser alguém na vida ou vai morrer crioulo mesmo”. Ele, Simonal, decidiu conduzir as massas por meio de sua música simples e genial.
Como ninguém, Simonal seduzia e mobilizava a platéia. Numa época em que não se produziam grandes shows no Brasil, o artista conduziu e regeu por mais de meia hora o Maracanãzinho lotado com ‘Meu Limão, Meu Limoeiro’. Chegou a fazer cerca de 330 shows por ano no final da década de 60. Simonal brilhou e inovou como poucos. Juntando qualidade, carisma, simpatia, suingue, charme e muito talento, ele se tornou à sensação do Brasil e conquistou o público internacional - chegou a dividir o palco com a diva do jazz norte-americana Sarah Vaughan.
Dirigido por Claudio Manoel, o Seu Creysson do humorístico global Casseta & Planeta, em parceria com os jovens Micael Langer e Calvito leal, ex-funcionários da Conspiração Filmes, esse documentário excepcional, de 80 minutos de duração, não fornece apenas dados novos sobre a trajetória de erros (ou não?) e a sucessão de abusos (ou não?) que levaram a carreira do grande cantor pop à ruína e ao desespero. Após ser acusado como informante do DOPS, Simonal foi execrado pela opinião pública, por artistas e por intelectuais. De 74 a 95 simplesmente não existia mais Wilson Simonal. O que o jogou à depressão, ao alcoolismo e ostracismo.
O filme, ao contrário do que parece, é leve, intenso, musical, colorido, cheio de vida e movimento. Dá a chance de conhecer do início ao fim a carreira deste que é, ao lado de Roberto Carlos, um dos maiores nomes da canção popular brasileira.
.
Mesa de debatedores:
Simoninha: músico e filho de Wilson Simonal.
Armando Antenore: Jornalista, editor da revista Bravo da Editora Abril
Claudia Costa: Professora de jornalismo da Faculdade Unisantana
Roseli Loturco: Jornalista e professora na oficina de jornalismo da ONG Papel Jornal.


www.colecionadordepedras.blogspot.com

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

RACIONAIS NO SESC SANTO ANDRÉ DIA 22.08

No dia 22 de Agosto no Sesc Santo André, vai rolar o show do Racionais MCs.
O quarteto cabuloso do rap brasileiro, apresenta o repertório do disco Nada como um dia após o outro dia, além de inéditas em parceria com a Banda Black Rio (próximo lançamento da Cosa Nostra, gravadora dos caras) e participações de Du Bronks e Don Pixote.
Ótima oportunidade pra conferir o show do grupo - uma das melhores apresentações ao vivo do rap - em um local democrático e raramente visitado por representantes do estilo.
Pra aquecer, aqui no blog a gente vê "Vida Loka Part. II".

terça-feira, 11 de agosto de 2009

A COOPERIFA VAI FAZER CHOVER LIVROS NA PERIFERIA DE SÃO PAULO


Pelo segundo ano consecutivo a Cooperifa vai realizar o projeto "Chuva de livros" que tem como objetivo incentivar o hábito da leitura na periferia. Neste dia, qualquer pessoa que comparecer ao sarau da Cooperifa vai ganhar um livro novo de presente.

Este ano serão 500 livros, entre romance, conto, poesia, prosa, e vai de Drummond a Jorge Amado, Clássicos, infantis, etc. além de escritores e poetas da periferia. Ninguém vai ficar de fora.


Os livros serão distribuidos gratuitamente logo após o tradicional sarau que acontece no bar do Zé batidão (em torno das 22hs30), há quase oito anos.


A ideia do projeto é que a pessoas tenham seu próprio livro, façam o quiserem com ele, mas que, de preferência, leiam. A qualquer hora. Em qualquer lugar.


Os organizadores do evento garantem que não se trata de um evento cultural, e sim, de saúde pública."Quem lê enxerga melhor."


Apoio Cultural: POIÉSIS - Organização Social de Cultura CHUVA DE LIVROS DA COOPERIFA


Dia 12 de agosto (quarta-feira) 21hs


Sarau da Cooperifa


Bar do Zé Batidão


Rua Bartolomeu dos Santos, 797 Chácara Santana


Periferia-SP






terça-feira, 28 de julho de 2009

SARAU RAP - Poesia das ruas

Dia 30 de julho (quinta-feira) 20hs
Projeto "Poesia das Ruas" Ritmo e Poesia.
O Projeto Poesia das Ruas é um sarau dirigido a rimadores e rimadorasdo Rap.
É um espaço para o exercício da criação poética.Sem música, MCs declamarão suas letras, compartilhando talento literário.
Iniciativa do poeta Sergio Vaz, o Sarau do Rap é realizado em parceria com a Ação Educativa e acontece toda última quinta-feira do mês.
Fundador e coordenador do Sarau da Cooperifa, Vaz, pretende buscar,através da oralidade, um incentivo para a criação poética.

Rap é ritmo e poesia (rythman and poetry).

Ação Educativa

Rua: General Jardim, 660 - Vila Buarque - SP
Entrada: Gratuita
Capacidade de lotação: 200 pessoas

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Sintonia em Julho


QUERMESSE DA FUNDÃO neste final de semana!!!

É nessa Sexta (24/07/2009) que começa a nossa tão aguardada Quermesse da Comunidade Vila Fundão com apresentação do grupo de Samba TOK ART.
No Sabado vai rolar show com o MC BOLA DE FOGO.
Não perca, a partir de 22H.
R. Glenn, 2009 - Vila Fundão - Capão Redondo - próximo ao metrô.
Só pra você entender do que estou falando, segue o vídeo que fiz em 2007.

terça-feira, 14 de julho de 2009

aniversário do irmão Kl Jay...se liga no baile:


"Os homens de poucas palavras são os melhores"

mais uma sabedoria de Shakespeare....

"Ser grande, é abraçar uma grande causa", Shakespeare

10 Anos de Bocada Forte!

Não perca o baile que comemora os 10 anos de portal Bocada Forte, veículo importante de divulgação do hip hop brasileiro.

Mano Brown em entrevista pro AfroPress





Se liga só nesta entrevista pro AfroPress, agência de informação multi-étnica organização que luta pelos direitos dos pretos. O bate-papo rolou na IIª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, ocorrido no dia 26 de junho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, com shows de BSB Girls, Versu2, Nova Saga, Kamaphew Tawá, DJ Cia, Mano Brown, Dom Pixote e Rappin Hood.

http://www.afropress.com/ - entra no site pra conhecer
parabéns ao Dogi e a Dolores, idealizadores da organização!!!

***A invisibilidade que a mídia brasileira dedica a questão étnico-racial e às desigualdades provocadas por quase 400 anos de escravidão, lançando a maioria dos 49,7% de negros nas periferias e na pobreza, tem sido uma poderosa arma para manutenção do racismo. A Afropress nasceu e se mantém como um instrumento para furar este bloqueio perverso.
Por isso, optamos, em respeito aos Racionais e Mano Brown e a tudo que eles representam, em postar a entrevista na íntegra, sem edição.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Homenagem ao Michael Jackson

Muito triste a notícia da morte de um dos maiores ícones da música negra.
Michael Jackson, cantor e músico sensacional, será sempre lembrado por sua trajetória, por suas músicas e muitos até lembrarão da sua vida pessoal confusa e turbulenta.
Aqui no blog vai a homenagem ao Michael, vídeo da década de 80, hit da época: Billy Jean.
Que Deus o abençoe!


quarta-feira, 24 de junho de 2009

Final da Copa da Paz neste sábado!!

Salve, salve!! Neste sábado acontece a final da Copa da Paz no Paraisópolis. A chapa vai ferver!! Teremos surpresas e churrasco comemorativo, vai ser loco. Ainda vai rolar um amistoso entre o Cartolas da Várzea X Cartolas da Copa.

RESULTADOS DA SEMI FINAL - 2º COPA DA PAZ
JARDIM DAS PALMAS - CAMPO LIMPO 03 X 03 VIDA LOKA - JD SÃO LUIZ
(VIDA LOKA VENCEU NOS PENALTIS)
BATE-FÁCIL - EMBÚ 00 X 00 PORTUGUESA - PARAISOPOLIS
(BATE-FACIL VENCEU NOS PENALTIS)












Poetiza no Clube Glória nesta quinta

Poetiza no Clube Glória
Nesta Quinta Feira dia 25.06,
teremos Ragga no Glória!!!!
A convidada da Noite é a Poetiza,
que junto com as Dancehallqueen's, Dj King
e o selectah Dubstrong
vão fazer a noite pegar fogo.
Confiram!!!!

Preços sem flyer:

Mulher R$ 20,00 Entrada

Homen R$ 50,00 Entrada

Lista de Desconto:
CLUBE GLÓRIA
rua 13 de maio, 830 (bela vista)
info e reservas_ 11 3287-3700 ou listas 6607-7682 (luis)
http://soulgloria.blogspot.com
**não é permitida a entrada de homens, trajando bermudas e regatas**

www.myspace.com/poetiza


sexta-feira, 19 de junho de 2009

MC Mael funk da "Família Palmeirinha e Vila Fundão"

O projeto da Copa da Paz no Paraisópolis rendeu frutos, além da Copa que tá um sucesso, um jovem talento da comunidade chamado MC Mael rimou e lançou o funk da "Família Palmeirinha e Vila Fundão". Se liga só:

+ Copa da Paz 13.06 - pra deixar a rapa feliz!